Geral

Geral
Publicidade

Suspeito de matar e enterrar vizinha em quintal é preso; mãe ouviu gritos

Iranildo Martins da Silva, 26, foi preso acusado de matar a vizinha Thuane da Silva, 20

Suspeito de matar e enterrar vizinha em quintal é preso; mãe ouviu gritos

Imagem: Divulgação e Reprodução/Facebook


A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu Iranildo Martins da Silva, 26, suspeito de matar a vizinha Thuane da Silva, 20, por asfixia e enterrá-la no quintal da casa dele em Magé, na Baixada Fluminense. O crime aconteceu na segunda-feira (2) e, desde então, ele era considerado foragido. 


Segundo os peritos, o corpo da vítima tinha sinais de violência sexual. Iranildo Martins foi localizado no município de Sapucaia, no Sul Fluminense, cidade a mais de 120 quilômetros de onde o corpo foi achado.

No início da tarde de segunda-feira, Thuane Silva, que cursava o Ensino Médio, havia informado que iria ao supermercado, mas desapareceu. Horas depois, a mãe da vítima passava pelo local e escutou um grito: 'Mãe, socorro'. 


Ela não sabia que era a própria filha pedindo ajuda. Momentos depois, ela decidiu voltar, mas Iranildo já não estava em casa. Na noite do mesmo dia, a Polícia Civil isolou a área e o corpo da vítima foi encontrado enterrado na parte da frente da residência.


 "Nunca imagine que fosse minha filha" 

"Eu passei na rua com uma vizinha e escutamos um grito, mas nunca imaginei que fosse minha filha. Quando voltamos com outros vizinhos alguns acharam, em um quartinho, sangue e dente, reviramos tudo, mas não achamos. Aí quando os policiais chegaram isolaram a casa e depois acharam ela em frente à porta dele", lamenta Simone Silva mãe da vítima, em conversa com o UOL.


Simone fez elogios à filha. "Ela sempre sonhava em encontrar alguém e ter aqueles gestos românticos, ganhar flores. Ela se arrumava, era muito carinhosa".


Suspeito pulou de ponte

Um dia antes de ser preso, a polícia havia montado um cerco próximo a casa onde Iranildo Martins estava escondido. Os agentes receberam uma denúncia, foram até o local e confirmaram a informação. Quando viu a movimentação, o suspeito fugiu e pulou de uma ponte para o Rio Paraíba do Sul.


As investigações mostraram que o suspeito é responsável por diversos crimes, como roubo, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e violência doméstica. Ainda de acordo com a Polícia Civil, Ivanildo Martins já foi condenado pela Justiça por tráfico de drogas e estava foragido desde 24 dezembro de 2021, quando recebeu o benefício de saída temporária de Natal e não retornou mais a unidade prisional, onde cumpria pena em regime semiaberto. 


Fonte: Uol

Nenhum comentário

Publicidade

Publicidade

Destaque

randomposts

Anuncie

Publicidade
PUBLICIDADE 300X250
Publicidade